Meus dentes podem ser clareados?
Sim, desde que os dentes estejam saudáveis e desde que haja indicação técnica, o que deve ser determinado pelo cirurgião-dentista. Não havendo as condições esperados de saúde bucal, os tratamentos pertinentes devem ser implementados antes do clareamento.

Como é possível clarear os dentes?
Através de substâncias químicas, os peróxidos, que aplicados na superfície dentária, penetram no esmalte e na dentina, removendo os pigmentos.

Quais os principais tipos de clareamento?
Os dentes podem ser clareados de duas formas:
- No consultório: o dentista isola os dentes (com um lençol de borracha ou barreiras gengivais) para proteger a gengiva e aplica um clareador de alta concentração. - Em casa (doméstico): o paciente, sob a orientação do dentista, aplica fora do consultório, sobre um dispositivo personalizado e confecionado pelo C.Dentista, a técnica que deve ser monitorada pelo profissional.

Posso fazer sozinho ou preciso ir ao dentista?
Não, em nenhuma hipótese o paciente deve realizar clareamento sem orientação. Seja no consultório, seja em casa, sempre deve haver monitoramento do cirurgião-dentista.

Os produtos usados no clareamento são seguros à saúde geral?
Sim. Os clareadores dentais tiveram seu uso autorizado pelo orgão americano, o FDA (Food and Drug Administration). O rigoroso órgão, que regula a comercialização de substâncias, autorizou a utilização dos clareadores dentais assim como os orgão de fiscalização de nosso país.

Deve utilizar os clareadores vendidos na TV ou farmácias?
Como já dissemos, o clareamento deve ser indicado e acompanhado pelo dentista e seu uso de outra maneira caracteriza auto-medicação que sempre pode trazer danos à saúde pelo uso impróprio.

O dente clareado fica enfraquecido?
Não. A estrutura dental não é afetada, mas há um período de plena recuperação do esmalte que deve ser considerado.

O clareamento altera as restaurações já existentes?
Não. Mas o paciente precisa saber que talvez tenha de trocar ou retocar as restaurações antigas: uma vez que as restaurações não sofrem ação dos clareadores, parecerão mais escuras frente aos dentes clareados, causando eventual desarmonia.

Posso fazer clareamento em qualquer idade?
Sim. Não há contra-indicação específica quanto à idade. A partir da adolescência, é aceitável.

Durante o clareamento, o que devo fazer?
1. Seguir as orientações do dentista.
2. Retirar o dispositivo de clareamento no tempo recomendado.
3. Observar os dentes diariamente no espelho, monitorando o progresso do clareamento, e informar ao C.Dentista alterações pertinentes.
4. Guardar o dispositivo, para o caso de necessitar de manutenção.

Durante o clareamento, o que não devo fazer?
1. Fumar durante o tratamento.
2. Consumir café, chá, Coca-Cola, vinho tinto, suco de uvas, molho shoyu e outras bebidas e alimentos com corantes e pigmentos.
3. Usar substâncias contra-indicadas.
4. Emprestar o produto para outras pessoas.

Quanto tempo dura o tratamento doméstico?
Aguns dias ou semanas. Pode haver variações a depender do grau de escurecimento.

O dente clareado pode escurecer novamente?
Sim. Mas não tende a retornar ao ponto inicial. Após 1 a 2 anos, pode-se realizar uma manutenção.

Quais as contra-indicações do clareamento doméstico?
Por precaução. Deve-se evitar o tratamento em gestantes e lactantes.
 

Fale conosco


Preencha o formulário de contato abaixo para marcar
uma avaliação com a equipe da CANOVA